terça-feira, 8 de junho de 2021

Patos perdeu quatro ex-prefeitos nos últimos anos; dois deles só em 2021


Com a morte do médico Olavo Nóbrega de Souza nesta segunda-feira (07) por problemas cardíacos, quatro foram os ex-prefeitos de Patos falecidos no intervalo de 7 anos. Só este ano foram dois.

O ex-prefeito de Patos e médico aposentado Olavo Nóbrega de Souza, faleceu na noite desta segunda-feira (07). no Hospital São Francisco, em Patos, problemas cardíacos. Ele havia completado 90 anos no dia 02 de maio passado.

Filho de família tradicional de Patos, nasceu no ano de 1931, Dr. Olavo foi prefeito de Patos de 1969 a 1973.

O ex-prefeito de Patos, Ivanes Lacerda, aos 66 anos, morreu na tarde da segunda-feira (25 de janeiro) deste ano, por complicações causadas pela Covid-19. Ele governou a cidade de forma interina de agosto de 2019 a dezembro de 2020.

O ex-prefeito de Patos, e ex-deputado estadual Dinaldo Wanderley morreu por Covid-19, na madrugada do domingo 24 de maio do ano passado, aos 69 anos, em João Pessoa. O diagnóstico foi positivo para Covid-19

Dinaldo Wanderley foi prefeito de Patos por dois mandatos consecutivos, de 1997 a 2005, e deputado estadual.

Em 2014, no dia 26 de janeiro, falecia o ex-prefeito da cidade de Patos, Edmilson Mota, devido a complicações relativas a um câncer que havia lhe acometido.

Edmilson Mota era irmão do saudoso deputado Federal Edivaldo Motta e pai do ex-procurador do Município, Walber Motta. Ele governou a cidade de 1977 a 1982, tendo como vice-prefeito Gabriel Luiz Gomes (Gabi), oportunidade em que lhe foram atribuídos 9.435 votos, contra 8.623 de Olavo Nóbrega que tinha como companheiro de chapa, Darcílio Wanderley da Nóbrega.

Vicente Conserva – Portal 40 Graus

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only