terça-feira, 1 de junho de 2021

Novo decreto é preparado após piora da pandemia e alguns segmentos devem ser paralisados, na Paraíba


A Paraíba vive um pico de casos de Covid-19 e internações devido a doença nas últimas semanas. A consequência desse aumento deverá vir nas medidas do novo decreto que está sendo preparado pelo Governo do Estado.

De acordo com o secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, a única maneira de evitar colapso na rede hospitalar é paralisando alguns segmentos. Geraldo não adiantou quais atividades deverão ser suspensas, mas disse que o próximo decreto já está sendo preparado com medidas mais restritivas e até a próxima quarta-feira deverá ser publicado.

Em relação aos festejos juninos que se aproximam o secretário foi enfático e disse que esse não é o momento de pensar em festas, mas de ter empatia com o próximo.

A 26ª avaliação do Plano Novo Normal divulgada no último sábado (29), apontou que 95% das cidades paraibanas, 211 municípios, foram classificados na bandeira laranja, ou seja, só poderão funcionar as atividades essenciais. E 12 municípios estão classificados na bandeira vermelha, podendo ter restrição total e só deverão funcionar apenas os serviços essenciais com restrição de circulação, a exemplo de supermercados e farmácias, conforme apurou o Notícia Paraíba.

A média diária de pessoas internadas em hospitais de referência para tratamento da doença é de 90 a 100 pacientes. Ao todo, 1.005 pacientes estão internados nas unidades de referência.

O decreto vigente que foi publicado no dia 19 de maio tem validade até a próxima quarta-feira, 2 de junho.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only