segunda-feira, 31 de maio de 2021

Paciente que teve gaze esquecida dentro do corpo após parto será indenizada em R$ 10 mil, na Paraíba


O Município de Cabedelo foi condenado a pagar a quantia de R$ 10 mil a uma mulher da Paraíba. A indenização ocorre em razão do esquecimento de corpo estranho (tampão de gaze) na cavidade vaginal da paciente após o parto realizado na Maternidade Municipal Padre Alfredo Barbosa.

A sentença, proferida pela 4ª Vara Mista da Comarca de Cabedelo, foi mantida pela Terceira Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba.

A gaze foi encontrada no corpo da mulher meses depois do parto e a paciente precisou passar por nova intervenção.

A indenização por danos morais será paga em virtude da falha no atendimento prestado à paciente.

"Ainda que a inserção de tampão tenha por objetivo cessar hemorragia no local, o mesmo fora deixado na cavidade vaginal da autora, após a alta hospitalar, em virtude da falta de anotação de sua colocação no prontuário, denotando falha na prestação do serviço e negligência do corpo de profissionais que a atenderam", pontuou a desembargadora Maria das Graças Morais Guedes.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only