segunda-feira, 31 de maio de 2021

Morre mais uma idosa que foi resgatada de abrigo clandestino na Paraíba


Morreu mais uma idosa que havia sido resgatada de um abrigo clandestino que funcionava no bairro de no bairro de Tambauzinho, em João Pessoa.

Terezinha de Jesus tinha 89 anos e faleceu na madrugada desse domingo (30), conforme apurou o Notícia Paraíba. Ela e outros 38 idosos que moravam na instituição foram resgatados pelo Ministério Público da Paraíba no dia 5 de abril, após denúncias de maus-tratos.

Os idosos foram encontrados em condições precárias, a maioria em estado de desnutrição e desidratação e até com feridas pelo corpo e foram levados para o Hospital Padre Zé.

Dona Terezinha é a quinta pessoa que morava no abrigo e morre após a interdição da instituição.

No dia 8 de maio, Maria Gomes Pereira estava internada no Hospital Padre Zé e morreu após uma hemorragia digestiva. A mulher não tinha nenhum documento de identificação, por isso, a idade da idosa é desconhecida. No dia 22 de abril, uma mulher que 54 anos que também havia sido resgatada da instituição faleceu. Outro idoso de 72 anos que também estava se tratando no hospital Padre Zé não resistiu e morreu no dia 14 de maio. No dia 30 de abril, Francisco Teodoro, que tinha 75 anos, também faleceu. Ele estava com um quadro de desidratação e infecção pulmonar, mas apesar dos esforços da unidade de saúde, ele não resistiu e acabou morrendo.

Outros 11 idosos permanecem internados no Hospital Padre Zé.

O MPPB e a Delegacia Especializada no Atendimento ao idoso estão investigando outras três mortes que ocorreram no abrigo antes da vistoria.

O dono do abrigo foi indiciado pela Polícia Civil por maus-tratos e outros crimes. Ele chegou a ser preso, mas foi liberado após audiência de custódia.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only