quarta-feira, 26 de maio de 2021

Governo da Paraíba descarta criação de hospital de campanha no Sertão: estratégia é ampliar leitos de UTI


O Blog do Jordan Bezerra entrou em contato com a assessoria de comunicação da Saúde do estado da Paraíba, na tarde desta quarta (26) para falar sobre os questionamentos dos vereadores de Patos sobre a instalação de um Hospital de Campanha no município para atender ao sertão.

Por meio da assesoria do secretário de Saúde, Dr. Geraldo Medeiros, foi descartada a possibilidade, uma vez que o governo do estado não trabalha com a hipótese de instalar um hospital de campanha, mas sim na intensificação de novos leitos para a região.

Já sobre o dinheiro que a impresna falava sobre os 12 milhões para a criação de novos leitos, a assessoria afirmou que o dinheiro é destinado para o custeio, ou seja, para bancar despesas dos leitos. Mas não descartou que o estado esteja estudando a implantação de novos leitos de UTI no sertão.


De acordo com a secretaria de estado da saúde da Paraíba, cada leito habilitado custa diariamente 2.200 reais e o repasse do governo federal é de 1.600 reais. O sertão tem hoje, em funcionamento, 79 leitos de UTI e 97 de enfermaria. A SES está estudando ampliar as unidades do sertão, incluindo o Complexo Regional de Patos.

Questionada sobre o por quê de evitar a instalação do hospital de campanha, a assessoria disse que é uma estratégia do governo, que pretender manter os leitos ativos nos hospitais mesmo após a Pandemia, ampliando a rede de saúde pública no estado.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only