terça-feira, 4 de maio de 2021

Aos 23 anos, Jovem natural de Teixeira é destaque em trabalho sociocultural na favela da Rocinha-RJ


Natural de Teixeira, na Região Metropolitana de Patos, o jovem Jefferson Messias, de 23 anos é destaque nos trabalhos desenvolvidos pela Associação Sociocultural Semearte, na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro.

Tendo saído do município serrano junto a seus pais que tentavam ter a vida melhor, quando ainda era criança, Jefferson Messias passou por inúmeras dificuldades ao longo do tempo. A pior delas quando tinha 11 anos, quando perdeu a mãe e em decorrência disso desenvolveu uma depressão profunda.

O jovem viveu momentos bem complicados até encontrar a arte, quando tinha 16 anos, através do convite da jovem Talita Santos, fundadora e presidente da associação Semearte que incentivou Jefferson a fazer teatro. No início até ele não acreditava nos seus talentos: “Ela insistiu em mim, ela me deu uma chance. Transformei meus traumas em arte, minha história em peças de teatro, meu silêncio em voz”, revela Jefferson.

O teixeirense conta que no processo de convivência com a depressão já tentou suicídio por inúmeras vezes e julgava não ter talentos a desenvolver: "Eu acreditava não ter nenhum dom, talento, potência e muito menos voz, falo isso com lágrimas nos olhos. Não me recordo a quantidade de vezes que tentei suicídio”, desabafa Jefferson Messias.

Porém, tudo mudou. Jefferson conheceu o projeto desenvolvido pela Talita Santos e é hoje o mais antigo membro do grupo Semearte. Atuando atualmente como professor, ator, diretor, coreógrafo e coordenador pedagógico, o jovem revela o que motivou a entrar para o grupo: “Queria entender quem eu era e o que sentia, queria de alguma forma preencher o vazio que havia em mim”.

De Teixeira, Jefferson nunca esqueceu: "Mantenho contatos próximos, tenho vínculos que nunca serão quebrados, amigos e familiares que são minha base no dia a dia, mas criei um amor e um apego muito grande a favela da Rocinha e ao trabalho desenvolvido pela Associação Sociocultural Semearte, então brevemente quero visitar minha cidade de origem e retonar ao meu cantinho na cidade onde já resido a tanto tempo", comenta ele.

Jefferson sempre foi um jovem muito talentoso e decidido. Tendo estudado nas Escolas José Elias de Amorim e Sebastião Guedes da Silva, o jovem já participou de diversos eventos culturais e sempre foi muito divertido.

As lições tiradas das dificuldades enfrentadas por Jefferson Messias se tornaram sua maior força. Ele comenta a importância da arte nesse processo e fala sobre a importância do não desistir: "Não desistir para mim se tornou o primeiro passo. Quando comecei acreditar em mim as coisas começaram a dar certo e tenho seguido meu caminho. O teatro, a dança, a música são muito importantes pra mim, não sei o que seria de mim sem eles", concluiu ele.


Acompanhe os trabalhos do Jefferson no Instagram @jefferson_messias10











Fotos-Arquivo pessoal

Teixeira em Foco
  1. Orgulho de ter feito parte dessa companhia de teatro, ter tido a oportunidade de ter conhecido alguém tão focado e de coração bom Como esse cara. Sucesso sempre! ��

    ResponderExcluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only