quarta-feira, 7 de abril de 2021

Para vacinação contra Covid-19, enfermeiros atravessam rio na Paraíba


Para vacinar cerca de 20 pessoas do Sítio Caruatá contra a Covid-19, uma equipe de imunização da cidade de Borborema, no Brejo da Paraíba, precisou atravessar um rio e ficar com água até a metade do corpo. O registro foi feito no início de março, quando idosos da zona rural do município receberam as primeiras doses do imunizante.

O acompanhamento sanitário e a aplicação da vacinação fazem parte da saga enfrentada por profissionais do SUS (Sistema Único de Saúde), como o enfermeiro Mark dos Santos, de 23 anos. Na imagem acima, ele carrega a caixa térmica com “as doses de esperança”, como intitulou: “Precisamos vacinar pessoas acamadas, então vamos até a residência. Passamos por lugares remotos, aqui é preciso atravessar rio, subir montanha...”, disse ao Portal T5.

Borborema tem pouco mais de 5 mil habitantes e é um dos municípios que abriga a cachoeira do Roncador. Na cidade, 137 pessoas foram diagnosticadas com a Covid-19 e 3 pessoas morreram pela doença desde o início da pandemia.

(Foto: Divulgação)

Desde janeiro, o município recebeu 601 ampolas do imunizante contra o novo coronavírus. Além de Mark, seis pessoas trabalham para aplicação das doses. “Existe o momento de gratidão pelo avanço da ciência e pelos profissionais que trabalham tanto fazendo jus ao nome do SUS, mas é um mesclado de emoções, pelo cansaço e a batalha que é grande”, declarou.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only