quarta-feira, 7 de abril de 2021

Pacientes com Covid-19 de Teixeira e outras três cidades são transferidos para Campina Grande por falta de leitos no Sertão


Os dados epidemiológicos do Sertão da Paraíba são os mais críticos desde o início da pandemia de Covid-19. Na terça-feira (6), a macrorregião de saúde alcançou a triste taxa de 100% de ocupação em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto. Por isso, os pacientes estão sendo transferidos para Campina Grande, conforme informou o secretário estadual de saúde, Geraldo Medeiros.

De ontem para hoje, foram quatro transferências dos municípios de Sousa, Pombal, Princesa Isabel e Teixeira.

A alternativa é a mais viável, mesmo que as viagens entre as cidades possam durar horas por causa da distância.

Em Campina, a unidade que recebe os sertanejos é o Hospital das Clínicas, que recebe pacientes de todo o estado, desde que haja necessidade.

Vez por outra o hospital está lotado. Atualmente, conta com 60 leitos de UTI, 40 de enfermaria e 13 de Unidades de Decisão Clínica.

Mesmo com os péssimos resultados, a Paraíba segue flexibilizando atividades. Assim como Campina Grande, que no último decreto liberou aulas do ensino infantil em escolas particulares.


Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only