quarta-feira, 7 de abril de 2021

Ministério Público vai investigar mortes de três idosos que moravam em abrigo clandestino, na Paraíba


A morte de três idosos que moravam no abrigo clandestino de João Pessoa será investigada pelo Ministério Público da Paraíba.

Após uma denúncia anônima de maus-tratos, o MPPB acionou a Vigilância Sanitária e a Polícia Militar no último domingo (4), e constatou que 39 idosos vivam em condições precárias no local.

Quase metade dos idosos que moravam no abrigo apresentavam sinais de desnutrição e ferimentos pelo corpo e precisaram de atendimento médico e alguns deles estavam tão debilitados que precisaram de sonda para se alimentar.

Todos os idosos que moravam no abrigo foram submetidos a testes para detecção do novo coronavírus e um deles foi diagnosticado com a doença.

O Hospital Padre Zé acolheu 21 idosos, outros foram levados para demais hospitais de João Pessoa e os demais serão transferidos para instituições credenciadas de João Pessoa.

Apesar das mortes terem acontecido antes da vistoria do MPPB, o órgão vai apurar o caso juntamente com a Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso de João Pessoa.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only