quarta-feira, 7 de abril de 2021

Caso comércio e população não respeitem medidas contra Covid, Governo da Paraíba vai adotar novas medidas restritivas, diz secretário


O Governo da Paraíba flexibilizou as medidas restritivas que estavam vigentes no decreto estabelecido pelo estado. Desde a última segunda-feira (5), o comércio voltou a funcionar, assim como várias atividades que estavam suspensas. O toque de recolher também foi retirado.

Apesar da flexibilização, o Secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, concedeu entrevista nesta quarta-feira (7) e disse que caso o comércio e a população não respeitem as normas estabelecidas contra a Covid-19, novas medidas serão adotadas.

De acordo com ele, a partir da segunda quinzena de abril, as autoridades vão avaliar o reflexo dos casos da doença e das mortes confirmadas, após a abertura do comércio e afrouxamento das medidas. A partir daí, o Governo vai decidir o que deve ser feito.

“Temos uma pandemia vigente, em níveis altos no país, o furacão da Covid-19 no mundo. Teremos esse cenário, quando abrir, daqui a 15/20 dias teremos o reflexo dessa abertura principalmente se o cidadão paraibano não se convencer, usar máscara, e manter o distanciamento social. Se vocês colaborarem teremos a manutenção do comércio funcionando, se não, o Governo do Estado terá que adotar outras medidas restritivas”, explicou durante a entrevista.

Nesta terça-feira, a Paraíba ultrapassou as 6 mil mortes em decorrência da Covid-19. Conforme o último boletim divulgado pela SES, mais 52 mortes foram registradas no estado e 817 novos casos da doença foram confirmados.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only