domingo, 28 de março de 2021

PM encerra live de cantor paraibano após denúncia de aglomeração e músico se revolta: “Palhaçada, hipocrisia”


A Polícia Militar encerrou a live do cantor paraibano, Raniery Gomes, que estava sendo realizada na noite deste sábado (27), após denúncias de aglomeração e perturbação do sossego.

A live estava sendo feita na cidade de Cabedelo e transmitida ao vivo pelas redes sociais do cantor e segundo ele, a tinha a finalidade de ajudar a classe de músicos, bastante afetada pela pandemia.

Mesmo com a chegada da PM, Raniery continuou a transmissão e mostrou ao público que no lugar não havia aglomeração e ficou bastante indignado. “Isso é uma palhaçada. Nossa live só tinha trabalhadores e estamos ajudando músicos que estão passando fome. Isso é uma hipocrisia, esse país é uma hipocrisia. Vou lutar pela minha classe e se quiser me levar preso, pode me levar”, disse revoltado.

Após a chegada da PM, o evento foi encerrado mesmo antes do previsto.


Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only