domingo, 28 de março de 2021

Enfermeiro de Teixeira dá dicas de cuidados no combate ao coronavírus. Confira a dica 04


A preocupação com o novo coronavírus (Covid-19), fez com que o enfermeiro de Teixeira, Jonas Santos, iniciasse a dar dicas no combate a pandemia.

Todos os dias o profissional da saúde irá direcionar uma ajudar de prevenção ou convivência com o vírus.

A dica 04 é:

🎯IGG? IGM? REAGENTE? NÃO REAGENTE? ENTENDA RESULTADOS DO TESTE PARA COVID-19!

🔸 O QUE É IGG E IGM?

IGG e IGM são imunoglobulinas (proteínas) que protegem os pacientes contra invasores, como vírus, bactérias e protozoários.

Os anticorpos IgM indicam infecção na fase inicial, pois eles são os primeiros anticorpos que aparecem quando vírus ou bactérias nocivas atacam o nosso corpo. Já os anticorpos IgG também são uma resposta a vírus e bactérias, porém atuam na fase mais tardia da infecção.

E o que apontam os anticorpos IgM e IgG?
Em resumo:

➡️ IgM reagente ou positivo: paciente está infectado, contaminado recentemente e o corpo ainda pode estar lutando contra a infecção.

➡️ IgG reagente ou positivo: paciente teve infecção anterior, com pelo menos 3 semanas, e está possivelmente curado.

Ig é a sigla para imunoglobulina. A imunoglobulina é um tipo de anticorpo produzido pelo sistema imunológico contra um agente invasor. IgM e IgG, então, são imonuglobinas das classes M e G.
A presença delas nos testes atuais indica se houve contato com o vírus e, também, em que estágio do doença a pessoa infectada se encontra.

Quando um exame apresenta no resultado o termo "não reagente" para os dois anticorpos, portanto, o paciente provavelmente ainda não teve contato com o vírus.

Em teoria, reagente para IgG está em fase final da doença, e reagente para IgM está em fase inicial.

Dica: Jonas Santos

Teixeira em Foco

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only