domingo, 13 de dezembro de 2020

Teixeirenses Alberto Lacet e Ari Nóbrega são premiados no edital Maria Pimentel da SECULT-PB



A secretaria de Cultura do estado da Paraíba, através do edital Maria Pimentel pela lei Aldir Blanc na Paraíba, publicou neste sábado 12 de dezembro o resultado final do prêmio Maria Pimentel.

Foram classificadas 99 obras de escritores e cordelistas de toda o estado, entre eles, os teixeirenses, o escritor e pintor renomado Alberto Lacet com o livro "o verniz dos santos policromados" e o jovem poeta Ari Nóbrega, com o folheto de cordel "nas portas das catedrais".

O edital Maria Pimentel foi um dos 10 publicados pela lei Aldir Blanc na Paraíba, neste período de Pandemia, as obras premiadas serão inclusas no acervo do Memorial da Pandemia na Paraíba. 

As premiações por categoria foram as seguintes:

R$ 5.000,00 Obras de cordel
R$ 10.000,00 Obras literárias

A classificação completa está disponível no site da lei Aldir Blanc do estado da Paraíba. (clique aqui)

Maria Pimentel

‘O violino do diabo ou o valor da honestidade’, de 1938, publicado e vendido na livraria do seu pai foi a estreia de Maria das Neves Baptista Pimentel no cordel. Maria foi a primeira mulher a publicar folhetos, mas o fazia usando o nome do marido Altino (acrescido no lugar onde ele nasceu, Alagoas). Assim, a produção literária de Maria chegava às bancas com o pseudônimo Altino Alagoano.

As Obras premiadas



Teixeira em Foco- teixeiraemfoco1@gmail.com

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only