domingo, 13 de dezembro de 2020

Fotógrafa patoense recebe Prêmio Estadual de Fotografia


A fotógrafa, produtora cultural e psicóloga, Vanessa Oliveira, recebeu o Prêmio Amelinha Theorga, premiação destinada a fotógrafas (os) e artistas visuais da Paraíba. A premiação tem incentivo da Lei Aldir Blanc, lei que tem como objetivo dar suporte financeiro/emergencial a uma das classes que foi mais afetada durante esse momento de pandemia, a classe Artística/cultural.

O resultado definitivo dessa premiação saiu neste sábado (12) e passou por etapas avaliativas das obras enviadas, onde teve um número de mais de 200 inscrições.

A artista explica que a sua obra teve relações com os seus momentos vivenciados durante a Pandemia. 

"O intuito foi personificar na fotografia a sensação de sufoco, o medo, a angústia, a necessidade de estar no cotidiano urbano e ter que fazer os cuidados de preservação, e nesses cuidados, observei os dilemas encontrados na nossa sociedade desigual, onde muitos negligenciam o cuidado e outros buscam incansavelmente o cuidar, inclusive em materiais que não são adequados, porém, o medo leva a usar até mesmo uma sacola de papel", relatou.

A obra intitulada de Inexistência Contemporânea vai além das amarras visíveis que estamos vivendo, ela conversa com as invisibilidades, que inclusive, é a especialidade da fotógrafa, capturar as cenas invisíveis.

A obra foi cedida para a Secult/PB e fará parte do Memorial de Pandemia do Estado.

Ainda em dezembro a artista lançará uma Exposição Fotográfica virtual das casas históricas da cidade de Patos.

Assessoria

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only